Categories Assessoria de ImprensaBlog

O Assessor de Imprensa do “Paciente”

Estreou há poucos dias nos cinemas o filme “O Paciente” que conta os últimos dias de vida do político mineiro Tancredo Neves – interpretado por Othon Bastos – que apesar de ser eleito indiretamente o primeiro Presidente da República após o movimento “Diretas Já”, nunca chegou a assumir. A figura do Assessor de Imprensa também está presente na produção através do ator global Emilio Dantas, o Beto Falcão da novela “Segundo Sol”, que na produção cinematográfica dá vida ao personagem real Antonio Britto.

Nos dias em que antecederam a morte de Tancredo Neves em 21 de abril de 1985, os olhos dos brasileiros estavam voltados para os plantões de notícias das emissoras de TV e todos familiarizados com a figura do Assessor de Imprensa do Presidente, jornalista Antonio Britto, que mais tarde seria governador do Rio Grande do Sul.

Britto aparecia na televisão com os boletins sobre o estado de saúde do político do então PMDB. Havia uma torcida gigantesca pela recuperação do novo Presidente da República para que vencesse a doença e pudesse assumir o governo. Cada vez que o Assessor de Imprensa Antonio Britto aparecia, as expectativas eram enormes, era como uma final de Copa do Mundo. O momento do anúncio da morte de Tancredo Neves é retratado com muita emoção no filme “O Paciente” através da brilhante interpretação de Emilio Dantas.

Produzido por Sergio Rezende, o filme mostra um momento importante da política brasileira e a importância do Assessor de Imprensa, que neste caso, mais do que nunca, foi o elo entre o Presidente Tancredo Neves e o povo brasileiro. Talvez, tenha sido um dos poucos ou únicos momentos onde o povo tenha se familiarizado com a figura desse profissional.

Para a equipe da AM3 Conteúdo, que sempre trata um cliente de sua Assessoria de Imprensa como uma pessoa da família, em função dos cuidados “excessivos” com o assessorado, o filme “O Paciente” não deixa de ser uma homenagem a esse profissional, apesar do enredo ser os últimos 36 dias de vida do presidente Tancredo Neves. O que não se pode negar, é o fato de ser impossível não associar a imagem de Antonio Britto ao político mineiro.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *